Os cinco piores erros que se cometem com o Facebook

por 2 376 visualizações

Conheça os cinco erros mais frequentes no Facebook e aprenda a evitá-los, de modo a preservar a reputação e a não comprometer boas relações.

Através do ecrã dos nossos dispositivos adquirimos hábitos que por norma não teríamos na vida real. Segundo a Kaspersky, existem cinco erros principais que podem fazer com que o utilizador perca dinheiro, veja a sua reputação danificada ou quebre boas relações interpessoais. Eis o ranking:

Publicar a biografia completa

Convém considerar quantos serviços, incluindo bancos e instituições financeiras, contam com os seus dados, como por exemplo a data de nascimento, para ter acesso à sua conta, algo que poderão fazer através do Facebook. Além disso, os cibercriminosos apreciam esta rede social, já que lhes permite recolher todo o tipo de dados, que depois utilizam para violar as contas mais importantes. Importa por isso não publicar a data de nascimento na Internet, ou pelo menos não indicar o ano. Deve também evitar-se revelar casualmente os nomes de familiares ou de animais de estimação e outros dados parecidos, que muitas vezes são usados para ataques de engenharia social.

Tornar os posts públicos

Isto implica que qualquer pessoa possa ler o que publica – desde os seus amigos a múltiplas empresas de marketing e possíveis “inimigos” que estiverem a planear algum tipo de fraude online. Além do mais, é possível que lhe roubem a sua identidade para fins pouco altruístas. Deve, por isso, definir a sua conta do Facebook para que os seus posts sejam partilhados “apenas com amigos” ou “amigos de amigos”. Também deve prestar atenção ao público com o qual está a partilhar as suas fotos.

Usar passwords pouco seguras

A maioria das pessoas usa o Facebook para iniciar sessão noutras páginas e noutros serviços da Internet e isso pode ser um erro. Por isso, se alguém conseguir obter acesso à sua conta, todos esses serviços estarão também comprometidos. Importa escolher uma password forte e segura e activar a dupla verificação para se proteger. Muito importante: não use a sua password do Facebook em nenhum outro serviço.

Partilhar a localização

Permite às outras pessoas saberem onde está, averiguar onde vive e onde trabalha. Além disso, quando se regista num restaurante ou num hotel está claramente a indicar que não está em casa, o que pode ser informação de muito valor para pessoas mal intencionadas. A Kaspersky aconselha por a desactivar a geolocalização (adicionar o local) nas fotos que publica.

Aceitar amigos que não o são

Não é aconselhável aceitar pedidos de amizade de pessoas que não conhece, dado que a partir do momento em que o faça essa pessoa terá maior acesso à sua informação pessoa, podendo enviar mensagens maliciosas (eventualmente com spam e links deste género).