Distrito de Setúbal

Área total: 5 064 Km2

O distrito de Setúbal nasce da separação do território da margem sul do rio Tejo do distrito de Lisboa. É constituído por parte dos municípios das antigas províncias da estremadura e Baixo Alentejo. É constituído por 13 concelhos e 55 freguesias, ocupando uma área total de 5 064 Km2, com uma população residente de 851 679 habitantes (dados de 2017).

  • Distrito de Setúbal - Localização do distrito de Setúbal no mapa de Portugal

Foi um distrito que teve um enorme crescimento industrial, motivo até pelo qual foi criado em 1926. No entanto, o pós-25 de abril de 1974, foi terrível para a economia do distrito. Grande parte das mega-indústrias da península de Setúbal acabariam por encerrar.

A entrada na União Europeia trouxe nova energia à região. A aposta na indústria automóvel e nas exportações fizeram renascer o distrito.

Concelhos do distrito de Setúbal

Os concelhos do distrito de Setúbal são (lista ordenada por ordem decrescente de número de habitantes):

Município Habitantes Área (Km2) Densidade populacional (habitantes/Km2)
Almada 169 241 70,0 2 417,7
Seixal 165 547 95,5 1 733,5
Setúbal 116 655 230,3 506,5
Barreiro 75 847 36,4 2 083,7
Moita 66 692 55,3 1 169,8
Palmela 64 188 465,1 138,0
Montijo 56 024 348,6 160,7
Sesimbra 51 127 195,7 261,3
Santiago do Cacém 28 970 1 059,7 27,3
Alcochete 19 153 128,4 149,2
Grândola 14 644 825,9 17,7
Sines 13 664 203,3 67,2
Alcácer do Sal 11 927 1 499,9 8,0

Fonte: PORDATA - Setúbal(compilação de dados do INE)
Os dados desta tabela referem-se ao ano de 2017 (dados oficiais do INE)

Evolução demográfica

O distrito de Setúbal tem crescido sempre, nos últimos 150 anos. A proximidade da capital e a dinâmica industrial da península de Setúbal têm sido fatores determinantes para este crescimento demográfico contínuo.

Ano Habitantes
1864 91 587
1878 102 011
1890 115 305
1900 133 863
1911 166 263
1920 186 340
1930 232 720
1940 270 000
1950 325 646
1960 377 186
1970 469 555
1981 658 326
1991 712 594
2001 788 459
2011 851 258
2017* 851 679

Fonte: CENSOS 2011 e anteriores (Instituto Nacional de Estatística)


voltar ao índice

Política

O distrito de Setúbal viu subir o número de deputados do seu círculo nas eleições de 2015. Neste momento é um círculo que elege 18 deputados à Assembleia da República.

As últimas eleições legislativas, no dia 4 de outubro de 2015, ditaram a eleição de 7 deputados para o PS, 4 deputados para o PSD, 1 deputado para o CDS-PP, 2 deputados para o bloco de esquerda, 3 deputados para o PCP e, finalmente, 1 deputado para o Partido Ecologista os Verdes (PEV).

Os deputados que representam o distrito de Setúbal na Assembleia da República são:

Partido Socialista (7 deputados)

  • Ana Catarina Mendonça Mendes
  • Catarina Marcelino
  • Eduardo Cabrita
  • Eurídice Pereira
  • Inês de Medeiros
  • Paulo Trigo Pereira
  • Ricardo Mourinho

PPD/PSD (4 deputados)

  • Bruno Vitorino
  • Maria das Mercês Borges
  • Maria Luís Albuquerque
  • Pedro do Ó Ramos

CDS-PP (1 deputado)

  • Nuno Magalhães

Bloco de Esquerda (2 deputados)

  • Joana Mortágua
  • Sandra Cunha

PCP (3 deputados)

  • Bruno Dias
  • Francisco Lopes
  • Paula Santos

PEV (1 deputado)

  • Heloísa Apolónia

Fonte: Assembleia da República. Os pedidos de suspensão de mandato fazem com que esta lista se altere. Por esse motivo, verifique o estado atual em http://www.parlamento.pt/DeputadoGP/.


voltar ao índice


Resultados eleitorais (eleições legislativas)

Apresentamos, de seguida, uma tabela com os resultados eleitorais do distrito de Setúbal nas últimas eleições legislativas (desde 1999):

1999 2002 2005 2009 2011 2015 2019
PS 43,65% (8) 39,29% (7) 43,71% (8) 34,00% (7) 27,14% (5) 34,31% (7)
PSD 18,04% (3) 24,75% (5) 16,05% (3) 16,39% (3) 25,15% (5) 22,59% (5)
CDS-PP 5,63% (1) 6,87% (1) 5,05% (1) 9,15% (1) 12,02% (2) Col. c/ PSD
PCP-PEV 24,8% (5) 20,54% (4) 19,94% (3) 20,07% (4) 19,65% (4) 18,80% (4)
B.E. 3,54% (0) 4,62% (0) 10,24% (2) 14,02% (2) 7,03% (1) 13,05% (2)
Total deputados: 17 17 17 17 17 17 18

O valor entre parêntesis indica o número de mandatos atribuídos (nº de deputados).

Fonte: CNE - Comissão Nacional de Eleições

Aeroportos e vias de comunicação

Ligações aéreas

O aeroporto que serve o distrito de Lisboa é o Aeroporto Humberto Delgado, ou seja, o Aeroporto de Lisboa (ou Aeroporto da Portela) que se localiza muito perto da capital de distrito, a cerca de 47Km.

No entanto, está em fase de projeto a construção de um aeroporto para as companhias low cost em Alcochete, um dos municípios do distrito de Setúbal. Ficará assim o distrito ainda mais bem servido de ligações aéreas com o resto do mundo e as principais regiões do país como Porto, Faro, Madeira e Açores.

Estradas principais

A estrada principal é a autoestrada A1, que liga Lisboa à segunda cidade do país, o Porto. Para aceder à A1 a partir de Setúbal vamos entrar na A2 no sentido Sul-Norte e fazer os cerca de 48 Km do percurso.

Para quem viaja de Setúbal para sul, para o ALgarve, a estrada principal é a autostrada A2.

A A6 liga o distrito de Setúbal ao interior desde o nó da Marateca, passando por Évora e Estremos, até à fronteira, perto de Elvas.


voltar ao índice

Lista de empresas do distrito de Setúbal

Alguns dos municípios do distrito de Setúbal têm uma fortíssima atividade industrial (setor secundário). A Auto-Europa é a maior exportadora do país sendo decisiva para o equilíbrio da balança comercial portuguesa. Muitas outras indústrias, mais pequenas, foram criadas para alimentar o setor automóvel das peças necessárias para a montagem final dos veículos.

Mas o distrito de Setúbal tem uma importante faixa litoral. Isso significa pesca e apanha de mariscos. Com o peixe fresco vem também o turismo gastronómico.

É então um distrito com alguma diversificação das suas atividades económicas.

Mas o melhor é consultar aqui a lista de empresas com sede no distrito de Setúbal:

Lista de empresas do distrito de Setúbal

voltar ao índice

Hospitais do distrito de Setúbal

Setúbal é servido essencialmente pelo Hospital de São Bernardo e pelo Hospital Ortopédico Santiago do Outão. Apresentamos de seguida uma lista com os hospitais e outras entidades de saúde do distrito de Setúbal.

Centro Hospitalar de Setúbal

Hospital Garcia de Orta

27/11/2007
Avenida Torrado da Silva, Almada
Telefone: 212940294

Hospital Ortopédico do Outão

27/11/2007
Nossa Senhora da Anunciada, Outão
Telefone: 265543900

Hospital de São Bernardo

27/11/2007
Rua Camilo Castelo Branco, Setúbal
Telefone: 265549000

Hospital Nossa Senhora do Rosário

27/11/2007
Avenida Movimento das Forças Armadas, Barreiro
Telefone: 212147300

Hospital do Montijo

27/11/2007
Rua Machado Santos, 54, Montijo
Telefone: 212309100

Lista completa dos hospitais do distrito de Setúbal


voltar ao índice

Ensino Superior no distrito de Setúbal

Setúbal é servido pelo Instituto Politécnico de Setúbal com uma oferta variada de cursos de licenciatura e mestrado.

Campus Instituto Politécnico de Setúbal

Algumas das instituições de ensino superior do distrito de Setúbal. Clique no link em baixo para obter a lista completa (instituições que constam da nossa base de dados):

Escola Superior de Ciências Empresariais

26/02/2014
ESCE, Campus do Instituto Politécnico de Setúbal, Estefanilha
Telefone: 265790330

Escola Superior de Educação (ESE) Setúbal

04/03/2019
Campus do Instituto Politécnico de Setúbal, Estefanilha
Telefone: 265710800

Escola Superior de Tecnologia do Barreiro

06/03/2019
Rua Américo da Silva Marinho, Barreiro
Telefone: 212064660

Escola Superior de Saúde de Setúbal

06/03/2019
Campus do Instituto Politécnico de Setúbal, Estefanilha
Telefone: 265709300

The Human Touch

26/02/2014
Rua Bernardo Santareno, Nº 15, R/C Dtº, Moita

Lista completa das instituições de ensino superior do distrito de Setúbal


voltar ao índice

Locais a visitar

Setúbal, à semelhança do resto do país, tem excelentes locais que merecem ser visitados. Aqui estão apenas alguns:

Península de Troia

A Península de Troia é uma área arenosa com 25 km de comprimento no litoral do concelho de Grândola, entre o Atlântico e o estuário do rio Sado (a leste), com a cidade de Setúbal na outra margem.

Na parte norte da península podem visitar-se as ruínas romanas de Troia. Era um complexo de salga de peixe, que operou entre os séculos I e VI.

Nas últimas décadas do século XX foram construídos neste local vários empreendimentos turísticos, como o Soltroia e o TroiaResort. Dois terminais fluviais asseguram a ligação mais curta à cidade de Setúbal: Cais Sul (ferries) e Ponta do Adoxe (catamarãs).

Imagem aérea da Península de Troia

Igreja e Claustro do antigo Mosteiro de Jesus

O Convento de Jesus de Setúbal foi fundado por Justa Rodrigues Pereira, ama de D. Manuel, em 1490, ainda no reinado de D. João II.

A ocupação do convento anexo pelas freiras clarissas, em meados de 1496, indica-nos a rapidez com que a obra avançou.

Igreja do antigo Mosteiro de Jesus e claustro, incluindo a primitiva Casa do Capítulo


voltar ao índice

Salinas do Samouco (Alcochete)

Alcochete foi, durante muito tempo, um dos principais produtores de sal. Depois de extraído, era transportado para Lisboa, onde era vendido e exportado.

Era uma profissão difícil. Rapadores e carregadores uniam-se nesta labuta dura que deixava marcas físicas e, cuja compensação, não era proporcional ao esforço exigido.

O Complexo de Salinas do Samouco é um património natural e cultural que pode ser descoberto através da realização de percursos pedestres. Os trilhos do flamingo (4km com dificuldade reduzida) e do pernilongo (7km com dificuldade média) são os dois passeios que podem ser realizados nesta área natural e, através dos quais, poderá conhecer a importância do salgado, observar in loco aves estuarinas como os flamingos, garças e pernilongos e, durante o Verão, há também a possibilidade de observar a produção do sal.

Salinas do Samouco no concelho de Alcochete, distrito de Setúbal.


voltar ao índice

Palácio do Rei do Lixo (Barreiro)

Também conhecido como Palácio da Bruxa ou Torre de Coina, está localizado na freguesia de Coina, município do Barreiro. Pode-se avistar o «palácio» da estrada nacional nº 10.

É uma construção curiosa e até misteriosa, envolta em lendas urbanas que alimentam a curiosidade dos Barreirenses. Foi inicialmente uma quinta rural, propriedade de Joaquim Pina Manique, irmão do mais conhecido Diogo Pina Manique, intendente-geral da rainha D. Maria I.

Foi já no século XIX que Manuel Martins Gomes Júnior, empresário que detinha a exclusividade da recolha do lixo urbano na cidade de Lisboa, adquiriu a propriedade. Contruiu então um palácio com uma torre de onde poderia avistar a sua outra propriedade em Alcácer do Sal.

Palácio do Rei do Lixo (Torre de Coina) no concelho do Barreiro.


voltar ao índice

Cabo Espichel em Sesimbra

Ao visitar o Cabo Espichel vai poder deslumbrar-se com uma das mais belas vistas da costa portuguesa através do seu miradouro. Além disso, no mesmo local é possível conhecer o Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, o Farol e a pequena capela (Ermida da Memória).

Pode ainda observar pegadas de dinossauros, congeladas no tempo, assinalando uma era onde estes gigantescos animais passeavam naturalmente por este local.

Cabo Espichel no concelho de Sesimbra, distrito de Setúbal


voltar ao índice

Memorial ao 25 de Abril em Grândola

Grândola, a vila morena de Zeca Afonso, foi eternizada pela música e pela revolução dos cravos. Mas a vila retribuiu com um magnífico memorial ao 25 de Abril.

Na Avenida D. Nuno Álvares Pereira (junto ao depósito municipal) foi inaugurado, em 24 de abril de 1999, um monumento concebido por Bartolomeu Santos, que homenageia Zeca Afonso e o 25 de Abril.

As paredes estão decoradas com a pauta musical e a letra da canção «Grândola, Vila Morena». Na parede posterior está escrita a «Declaração Universal dos Direitos do Homem».

Memorial ao 25 de Abril em Grândola, distrito de Setúbal


voltar ao índice

Cristo Rei em Almada

O Cristo Rei de Almada foi uma forma de o povo português agradecer a Deus e a Jesus Cristo o facto de ser poupado às atrocidades da 2ª guerra mundial.

Foi inaugurado em 1959, com uma altura de 215 metros, oferece uma vista de 360 graus sobre as margens do rio Tejo.

Cristo Rei em Almada


Castelo de Palmela

A primitiva fortificação que esteve na origem do Castelo de Palmela remota ao período da ocupação muçulmana. No entanto, foi no reinado de D. João I que o castelo sofreu grandes obras de ampliação e reforço, em 1423. Foi também nessa altura que se construiu a igreja e onde se instala definitivamente a Ordem de Santiago, a partir de 1443.

Castelo de Palmela


voltar ao índice

Ruínas Romanas de Miróbriga (Santiago do Cacém)

As ruínas romanas de Miróbriga estão localizadas numa zona fértil, com vastos recursos marítimos e mineiros. Por esse motivo pensa-se que esta antiga povoação romana terá desempenhado um papel comercial de destaque. Miróbriga foi habitada desde a Idade do Ferro até ao século IV.

Circundando o forum desenvolve-se toda uma zona constituída por diversas construções como a cúria, a basílica e umas Termas.

O local dispõe de um Centro de Acolhimento e Interpretação, da responsabilidade do IPPAR, cujo horário é de terça a sábado das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h.

Ruínas romanas de Miróbriga, em Santiago do Cacém



voltar ao índice

Códigos Postais do distrito de Setúbal

Os distritos não têm um código postal específico. Para conhecer os códigos postais de uma artéria (rua, avenida, etc) que se encontre na área do distrito de Leiria deverá selecionar o concelho respetivo e, a partir daí, selecionar a freguesia. A lista será então mais pequena e fácil de percorrer.

Poderá também utilizar a seguinte caixa de pesquisa. Coloque apenas o nome da rua que pretende, evite inserir o tipo de artéria (rua, avenida, praça), e evite igualmente inserir títulos (eng., duque, marquês, Doutor, etc.).

A sua pesquisa será circunscrita ao distrito da Guarda.

poderá ainda fazer pesquisas parciais. ex: 1000-1 ou 1200-21

voltar ao índice