Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise.Saiba mais | Compreendi
 
 
 
 
Links Patrocinados
> > SONY é obrigada a vender a divisão Vaio

SONY é obrigada a vender a divisão Vaio

Data: 11/02/2014 Autor: Portal Código Postal

Não começaram agora, nem estão longe de acabar, os problemas do gigante nipónico cujos prejuízos estimados para o ano de 2013 ultrapassam os 800 milhões de euros.


SONY é obrigada a vender a divisão Vaio

A prioridade da SONY parece ser conseguir liquidez para fazer face aos problemas mais imediatos. Um fundo de investimento japonês, Japan Industrial Partners (JIP) , adquiriu o negócio de portáteis da Sony, a conceituada marca Vaio, por um valor que não tornado público embora fontes próximas do processo estimem o negócio em cerca de 300 milhões de euros.

A marca VAIO foi lançada pela SONY em 1996 e o seu design marcava a diferença mas a realidade dos números demonstrava que a quota de mercado nunca chegou a ser muito relevante. A SONY nunca conseguiu transformar em vendas o reconhecimento amplo da qualidade, inovação e design do seu produto.

Vender Vaio e apostar nos tablet e smartphones

Agora, com a queda da venda de portáteis em todo o mundo, muito graças à alteração dos hábitos dos consumidores que vão preferindo os Tablet, a conceituada empresa japonesa vai concentrar o foco do seu negócio nos pequenos dispositivos móveis. Os Tablet e os Smartphones estão a superar todas as espectativas. Os Vaio serão produzidos por uma outra empresa, participada pela SONY apenas em 5%.

A SONY, apesar de apresentar prejuízos desde 2008, continua com um volume de vendas que impõe respeito a qualquer gigante, um valor perto dos 50 mil milhões de euros.

Despedimentos anunciam-se

A empresa anunciou recentemente que vai despedir 5.000 trabalhadores, a maior parte fora do Japão, plano este que acumula com a reestruturação anterior que visava 10.000 trabalhadores. Estes números não parecem tão exagerados e olharmos ao número total de pessoas que o grupo emprega hoje em dia, cerca de 146.000 pessoas.


 



Este artigo foi visto 2793 vezes.

Dossiers

Quer começar a vender a sério?
As vinte e cinco propostas mais úteis que já ouviu na sua vida.

Artigos publicados em 2016

Arquivo

» 2015
Artigos publicados durante o ano de 2015.

» 2014
Artigos publicados durante o ano de 2014.

» 2013
Artigos publicados durante o ano de 2013.

» 2012
Artigos publicados durante o ano de 2012.

» Editoriais Ciberforma
Antigos Editoriais do site Ciberforma Online

Artigos publicados:


Melhores prática na gestão de stocks
por Portal Código Postal
em 21/09/2017

Na grande distribuição e no setor industrial gerir o inventário de forma eficiente é um dos maiores desafios que podemos enfrentar. Apontámos aqui as quatro melhores práticas seguidas pelos gestores com a responsabilidade de assegurar que os materiais estão sempre disponíveis ao mais baixo custo.
Visualizações: 253


A chave para a felicidade no trabalho segundo Paolo Gallo
por Portal Código Postal
em 20/09/2017

Autor de «A Bússola do Sucesso», responsável pelos Recursos Humanos do Fórum Económico Mundial e professor na Universidade de Bocconi, Itália, Paolo Gallo tem uma ideia clara sobre o caminho para atingir a felicidade no trabalho.
Visualizações: 273


Trabalhadores independentes poderão ficar isentos de IRS em 2018
por Portal Código Postal
em 18/09/2017

O Orçamento de Estado para 2018 poderá introduzir a isenção de IRS para os trabalhadores independentes cujo rendimento mensal não ultrapasse os 632 euros.
Visualizações: 1 338


O Currículo perfeito, segundo o CEO da LinkedIn
por Portal Código Postal
em 15/09/2017

Jeff Weiner, líder da LinkedIn, afirma que a forma clássica de elaborar e avaliar currículos tem os dias contados.
Visualizações: 354


A geração millennial confia mais em aconselhamento digital do que humano
por Portal Código Postal
em 13/09/2017

Um relatório da Consultora Forrester indica que a geração millennial, com idades compreendidas entre os 18 e os 37 anos, prefere recorrer a dispositivos móveis e a ferramentas digitais para obter aconselhamento financeiro, procurando-o mais do que os seus pais o qualquer outro humano.
Visualizações: 264


Links Patrocinados
 
Ajuda para o Site | Apartados | Novidades | Fazer Publicidade Aqui
© 2007 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Links institucionais: Termos de Utilização | Privacidade | Sobre Nós | Contacto