Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise.Saiba mais | Compreendi
 
 
 
 
Links Patrocinados
> > Ambiente Económico e Financeiro Internacional - Outubro de 2013

Ambiente Económico e Financeiro Internacional - Outubro de 2013

Data: 14/10/2013 Autor: Portal Código Postal

Relatório de avaliação do ambiente económico e financeiro internacional de Outubro de 2013. Crescimento mundial em 2013 ficará pelos 2.9%. Perspetivas para a evolução dos mercados de capitais e cambiais até ao final do ano de 2013.


Ambiente Económico e Financeiro Internacional - Outubro de 2013

Em 2013, o crescimento económico global será o mais baixo desde 2009, o ano da grande recessão. O Fundo Monetário Internacional, na revisão das projeções económicas de Outono, antecipa que a expansão global se fique pelos 2.9%, menos 0.3 p.p. que no passado mês de Julho. Desta vez são as economias emergentes as principais responsáveis pelo arrefecimento. Índia, México e Brasil destacam-se pela negativa mas a tendência é extensível a todas as regiões, mesmo no continente africano. A estabilização dos preços das matérias-primas é apontada como um fator preponderante, nomeadamente para os países exportadores. Mas foi sobretudo o aperto das condições financeiras internacionais desde Maio, quando se começou a perspetivar a proximidade de uma alteração da política ultra-acomodatícia da Reserva Federal, o principal fator na origem deste agravamento do cenário global. Perante este enquadramento, as perspetivas para 2014 surgem associadas a algum grau de incerteza. O legado dos desequilíbrios formados no passado, com destaque para a crise financeira, a tentativa de fuga da situação de armadilha de liquidez pelos principais bancos centrais, e a continuidade de políticas orçamentais pró-cíclicas nos países desenvolvidos poderão tornar o caminho mais sinuoso do que atualmente se antecipa.

No mercado cambial, a situação de impasse que se vive nos EUA poderá ter consequências mais duradouras, refletindo-se em perdas acentuadas do dólar, que se aproxima de mínimos do ano face ao euro. Esta deverá ser uma situação temporária, antecipando-se que o dólar recupere, a prazo, à boleia do fortalecimento esperado da economia americana e beneficiando de um novo enquadramento de política monetária.

A nomeação de Janet Yellen para a presidência da Reserva Federal sugere a continuidade das políticas de suporte à atividade económica e uma postura cautelosa na abordagem e concretização de uma alteração do rumo da política monetária. No entanto, também significa que a Reserva Federal não hesitará quando for o momento certo de redução e progressivo abandono das políticas não convencionais, o que deverá acontecer em finais de Dezembro. Na região do Euro, o Banco Central Europeu mantém uma postura pró-crescimento, não estando excluídas novas medidas de estímulos, contrariando o encolhimento do seu balanço. Na realidade, o mecanismo de crédito permanece inoperante, os mercados fragmentados e a retoma é frágil e não uniforme entre os diversos países da União.

Após a resolução do impasse orçamental nos EUA, que se espera que seja ultrapassado sem ruturas, o mercado voltará a colocar a ênfase na robustez da retoma dos EUA, na reavaliação do risco de arrefecimento da economia chinesa e nos cenários de normalização da política monetária da Fed. Neste contexto, os ativos de risco poderão beneficiar após uma primeira fase de alguma volatilidade. As ações europeias, de uma forma geral, deverão tirar partido da perspetiva da melhoria dos resultados empresariais, acompanhando o ambiente económico mais otimista na região.


 



Este artigo foi visto 1776 vezes.

Dossiers

Quer começar a vender a sério?
As vinte e cinco propostas mais úteis que já ouviu na sua vida.

Artigos publicados em 2016

Arquivo

» 2015
Artigos publicados durante o ano de 2015.

» 2014
Artigos publicados durante o ano de 2014.

» 2013
Artigos publicados durante o ano de 2013.

» 2012
Artigos publicados durante o ano de 2012.

» Editoriais Ciberforma
Antigos Editoriais do site Ciberforma Online

Artigos publicados:


Melhores prática na gestão de stocks
por Portal Código Postal
em 21/09/2017

Na grande distribuição e no setor industrial gerir o inventário de forma eficiente é um dos maiores desafios que podemos enfrentar. Apontámos aqui as quatro melhores práticas seguidas pelos gestores com a responsabilidade de assegurar que os materiais estão sempre disponíveis ao mais baixo custo.
Visualizações: 253


A chave para a felicidade no trabalho segundo Paolo Gallo
por Portal Código Postal
em 20/09/2017

Autor de «A Bússola do Sucesso», responsável pelos Recursos Humanos do Fórum Económico Mundial e professor na Universidade de Bocconi, Itália, Paolo Gallo tem uma ideia clara sobre o caminho para atingir a felicidade no trabalho.
Visualizações: 273


Trabalhadores independentes poderão ficar isentos de IRS em 2018
por Portal Código Postal
em 18/09/2017

O Orçamento de Estado para 2018 poderá introduzir a isenção de IRS para os trabalhadores independentes cujo rendimento mensal não ultrapasse os 632 euros.
Visualizações: 1 339


O Currículo perfeito, segundo o CEO da LinkedIn
por Portal Código Postal
em 15/09/2017

Jeff Weiner, líder da LinkedIn, afirma que a forma clássica de elaborar e avaliar currículos tem os dias contados.
Visualizações: 354


A geração millennial confia mais em aconselhamento digital do que humano
por Portal Código Postal
em 13/09/2017

Um relatório da Consultora Forrester indica que a geração millennial, com idades compreendidas entre os 18 e os 37 anos, prefere recorrer a dispositivos móveis e a ferramentas digitais para obter aconselhamento financeiro, procurando-o mais do que os seus pais o qualquer outro humano.
Visualizações: 264


Links Patrocinados
 
Ajuda para o Site | Apartados | Novidades | Fazer Publicidade Aqui
© 2007 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Links institucionais: Termos de Utilização | Privacidade | Sobre Nós | Contacto